Lista de Compras



Eu já estava há bastante tempo para escrever uma listinha de “Compras” para facilitar a vida de vocês. <3 Então, elaborei essa com os principais ingredientes que uso para que você também os tenha em casa e possa usar bastante. Vamos lá?

Quais são os ingredientes que não podem faltar na cozinha saudável? Muita gente me pergunta isso, principalmente quem está na fase de transição para uma alimentação sem glúten, sem lactose, low carb e também sem carne.

Gorduras boas: quem disse que a gente não precisa consumir gorduras? Elas são essenciais para que as vitaminas lipossolúveis A, D, E e K sejam absorvidas pelo organismo. O que a gente precisa é apostar no tipo certo: óleo de coco, manteiga ghee e um bom azeite extra-virgem que você pode consumir sem medo de ser feliz.

Nuts: as castanhas e oleaginosas como a castanha de caju, amêndoas, nozes, castanha do pará e pistache são fontes riquíssimas de minerais, altamente energéticas e deliciosas! Além de excelentes para os leites vegetais, são uma ótima opção para fazer farinhas low carb e dar crocância nas receitas. Uso muito para fazer bases de tortas doces e salgadas. A castanha de caju crua também é o principal ingrediente para fazer opções veganas de cremes, recheios e até sorvete!

Frutas secas: são a melhor opção para adoçar as receitas sem usar açúcar. Em forma de pasta também dão a textura cremosa que a gente precisa em uma série de preparos. Junto com as castanhas formam a base das tortas doces. A minha preferida, sem dúvidas, é a tâmara. Também gosto de usar damascos, ameixas e uva-passa.

 

Farinhas: para falar das substituições para a farinha de trigo, vamos precisar de um post inteiro. Mas, de forma geral, tenha sempre na cozinha as seguintes opções: 1. Farinha de arroz que é bem neutra e substitui a farinha de trigo em receitas de bolos, panquecas e pães. 2. Polvilho doce que é espessante, pois tem a capacidade de formar gel.  3. Farinhas low carb de grãos e sementes como grão-de-bico, semente de girassol e semente de abóbora e linhaça (que também é ótima para substituir e dar estrutura em receitas sem ovos). 4. Farinha de nuts. Para fazer essas duas últimas, sementes e nuts, basta bater no processador ou em um liquidificador potente, ou seja, você pode fazer sua própria farinha e seu próprio mix de ingredientes.

 

Sal: use um sal de boa qualidade. O importante é usar um sal que não seja refinado. A opção mais em conta é o sal grosso e você pode moer em casa, basta bater no liquidificador.

Temperos, ervas e especiarias: é claro que eu também adoro cebola e alho, mas quero incentivar vocês a explorar outros temperos nas suas receitas. Além de dar mais sabor, agregam funcionalidade e ajudam na digestão. As especiarias que mais gosto são: gengibre, cúrcuma, garam massala, páprica defumada, canela, pimenta caiena e noz moscada.  Quanto às ervas, não podem faltar (frescas ou secas): orégano, manjericão, tomilho, alecrim, cebolete, salsinha e hortelã. Não tenha medo de usar e abusar dos temperos, seja criativo e vá provando novas combinações. Tempero é um dos segredos da comida gostosa.  

 

Grãos: são ótimas fontes de ferro e proteína, essenciais para quem segue uma alimentação vegana. Uso bastante quinoa, grão-de-bico e lentilha que dão boas bases para fazer falafel, hambúrguer e quibes. A quinoa, além de ir bem nessas receitinhas, faz risotos deliciosos.

Sementes: assim como as castanhas, também são fontes de minerais e enriquecem com seus nutrientes as nossas receitas. Gergelim, girassol e abóbora quando tostados enchem o prato de aromas e sabor (compre cruas e sem sal e toste em casa no forno baixo, mexendo algumas vezes para não queimar). A linhaça e a chia podem substituir ovos e são ricas em fibras.  

Cogumelos frescos e funghi seco: também são fontes importantes de proteínas e se adaptam a diferentes receitas, basta ir mudando os temperos: fica bom no molho tradicional italiano e em receitas típicas da culinária japonesa. O funghi seco, assim como o tomate, é daqueles ingredientes para ter sempre em casa. Basta hidratar para fazer uma receitinha bem gostosa.

 

Cacau em pó e chocolate 70%: toda receita de chocolate tem um desses dois ingredientes. O cacau em pó é perfeito para fazer bolos e brownies e o chocolate 70% em gotas ou pedaços para as receitas cremosas. Pode consumir sem peso na consciência porque o cacau é um super alimento, antioxidante e que ainda estimula e protege o sistema nervoso. 

Para adoçar: vamos esquecer do açúcar refinado e de qualquer outro açúcar branco. Use açúcar de coco que tem baixo índice glicêmico, mel (para finalizar receitas ou em sucos e chás, pois ele não deve ser aquecido em altas temperaturas) ou melado que é o primeiro extrato da cana, cheio de sabor e riquíssimo em ferro.

Outros ingredientes que eu adoro:

Tahine: pasta de gergelim que uso para fazer molhos e também como tempero. Tem uma opção de tahine orgânico delicioso no MY YOGA (www,myyoga.com.br) e também estou apaixonada pelo tahine de gergelim negro da PURA VIDA (www.puravida.com.br)

Coco cream: é o leite de coco em pó. Basta misturar água e você vai ter o melhor leite de coco da vida. Eu estou usando o da MONAMA ORGÂNICOS (www.monama.com.br).

Tomate Seco: compro desidratado na zona cerealista e depois é só hidratar com água.

Nutricional Yeast: essa levedura dá um gostinho de queijo nos pratos e é riquíssima em vitamina B12, ótimo para quem não come proteínas animais. Também conhecido como levedura de cerveja, a maioria tem gosto forte e acaba estragando muitas receitas!  A marca que gosto é a Bragg, eles entregam no Brasil pelo site Iherb http://bit.ly/2eO8g7l

Shoyu: é uma das formas saudáveis de consumir a soja, pois passa por um processo de fermentação. Mas atenção, a maioria dos shoyus são cheios de glutamato e corantes. Leia bem os rótulos e procure uma que não tenha esses ingredientes. Eu também uso o shoyu da Bragg que compro pelo Iherb http://bit.ly/2uZCtXk

Espessantes: uso as gomas em receitas sem lactose e sem glúten para darem a liga e a consistência semelhante. Os que mais uso são a goma xantana (ingrediente de ouro nas receitas sem glúten), o agar agar para dar estrutura pois tem propriedades semelhante à gelatina e a lecitina de soja que uso para incorporar ingredientes que tenham uma fase de gordura e outra de água, pois ela emulsiona e une os dois.

Fumaça líquida: super aromático!!! Amo o cheirinho defumado que ela deixa nas minhas receitas. Uso a da BOMBAY HERBS & SPICES (www.bombayherbsspices.com.br)

Spirulina e Clorella: são algas com altíssimo teor de proteínas, ricas em clorofila, antioxidantes e protetoras do sistema imunológico.  Pesquise e compre de boa procedência, pois muitas acabam tendo mercúrio. Compro o meu da MAD – My Amazon Dream. Contato: luiz@mad4.life

Vinagre de maçã: uso o vinagre de maçã orgânico sempre que preciso dar um leve toque de acidez às receitas. Ele tem um sabor mais suave e fica ótimo em receitas agridoces. Além disso, faz bem para a saúde, pois tem polifenóis e antioxidantes.

Guaraná: sim, o nosso tão querido e brasileiro guaraná é muito mais que um energético. Ele intensifica a resistência física e mental, é antioxidante e termogênico. Compro o meu da MAD – My Amazon Dream. Contato: luiz@mad4.life

Sei que para muitos pode parecer um quebra-cabeça esse monte de informação e ingredientes diferentes, mas aos pouquinhos vocês vão se familiarizando. Quase todos são ingredientes que tem um longo tempo de validade, vá comprando aos pouquinhos conforme for sentindo a necessidade.

<<<<< Patty